Dia Internacional da Mulher 2022

O Dia Internacional da Mulher é comemorado hoje, dia 8 de março, uma data para celebrar as conquistas de todas as mulheres, mas também para reivindicar igualdade de géneros em todos os sentidos.

Felizmente, no Urban Sports Club somos uma empresa empenhada em promover a igualdade, o talento e o bem-estar da nossa comunidade. Na nossa plataforma podem encontrar atividades e centros desportivos para TODOS – é isto que nos move! E não basta crer, a mudança começa em nós e por aqui vestimos a camisola daquilo que acreditamos. Podemos afirmar, orgulhosamente, que contribuímos para um mundo com menos desigualdades e na nossa equipa em Portugal, 50% dos cargos de liderança são ocupados por mulheres.
É a elas e a todas as mulheres que dedicamos este dia! Que haja nas empresas e  também no desporto mais igualdade e menos distinções de género.
Hoje, vamos conhecer as mulheres que gerem o dia a dia do Urban Sports Club em Portugal e Espanha. Girl Power!

Liz Andrews, Managing Director em Portugal e Espanha

Esta mulher todo-o-terreno é líder e dirigente do Urban Sports Club em Portugal e Espanha. Estivemos à conversa com ela, para conhecer as suas paixões e o que a move. Claro que a melhor forma de o fazer, seria levá-la a praticar um dos seus desportos favoritos – o ténis. Visitámos o nosso parceiro Campo de Ténis de Monsanto, para jogar uma partida e passar um bom bocado.

Para além do ténis, há mais desportos que te façam sentir bem e empoderada? 

Adoro aulas de alta intensidade (como HIIT, treino funcional, cross training, etc ) que queimam muitas calorias durante a sessão e ajudam a melhorar o condicionamento físico a longo prazo. Também gosto de experimentar atividades que exijam habilidades diferentes, como escalar, surfar ou dançar. Adorei participar do Running Club que criamos durante o encerramento dos estúdios na pandemia. Por outro lado, praticar desporto ao ar livre é pura meditação para mim: permite-me limpar a minha mente e estar totalmente conectada.

Há alguma mulher que te inspire?

A anterior CEO da cadeia de ginásios do Holmes Place na Grécia, a Ellie Flenga, é para mim uma inspiração. Tem uma postura extremamente poderosa, é muito orientada para os seus objetivos, altamente respeitada pelos seus pares e é uma verdadeira visionária. É incrível como a essência de Ellie se sentia em cada clube, em cada departamento e em cada pessoa. Tive o prazer de trabalhar na Grécia e senti realmente o impacto da Ellie em todo o lado e em todos os cantos do negócio. Todos os gestores falavam muito bem dela como líder, e mencionavam frequentemente o facto de se preocupar tanto com as suas pessoas e com o seu trabalho, ao mesmo tempo que sabia liderar com responsabilidade e respeito. Para mim, ela resume muito bem o que deve ser um líder.

O maior desafio

O meu principal risco a correr, ou desafio a colocar em prática, é também o meu objetivo: ajudar as pessoas a tornarem-se mais ativas e inspirá-las a levarem vidas mais saudáveis e completas.

O maior erro 

Não acredito realmente em arrependimentos ou erros – apenas escolhas e aprendizagens. Mas diria que as vezes em que considero que tomei algumas decisões menos boas terão sido as mesmas em que fui contra os meus instintos.

A maior lição 

Aprendi que a felicidade vem de encontrarmos a versão mais autêntica de nós próprios e que conseguir transportar isso mesmo para um contexto profissional pode ser a chave para o sucesso do negócio. 

A maior conquista 

Ter orgulho na minha carreira. O facto de ter tido a sorte de trabalhar com orgulho em todas as posições que fui ocupando durante a minha carreira profissional parece-me tanto uma verdadeira bênção como um superpoder! 

Lê a entrevista completa aqui.

Araceli Escobedo, Head de Marketing em Portugal e Espanha

A Araceli Escobedo coordena as equipas de Marketing em Portugal e Espanha. É uma lutadora que está constantemente à procura de novos desafios e adapta-se na perfeição a qualquer mudança que venha. Fomos com ela praticar um dos seus desportos favoritos – Indoor Cycling, no nosso parceiro Lapso Studios em Barcelona. Pedalámos muito e fomos claramente contagiados pela sua energia, tivemos ainda o prazer de lhe fazer algumas perguntas.

Que desportos gostas de praticar que te façam sentir bem fisicamente e mentalmente?

Adoro andar de bicicleta porque melhora o meu humor. Sinto-me mais feliz, mais forte e mais empoderada depois de uma aula. As luzes, a música e o ciclismo misturados com os movimentos da dança são uma experiência incrível. Por outro lado, a minha atividade favorita é, sem dúvida, o Yoga. Quando estou numa sessão de Yoga, esqueço-me da correria, dos assuntos inacabados do dia a dia e concentro-me apenas no movimento e na respiração. Quando termino, sinto-me  relaxada, descansada e posso garantir que as ideias fluem melhor. 

Há alguma mulher que te inspire? 

A minha mãe. Uma mulher sempre muito à frente para o seu tempo, independente e forte. Também me senti muito inspirada há anos pela Sheryl Sandberg e pelo seu livro “Lean In”, que recomendo a todas as pessoas que ainda não tiveram oportunidade de o ler. 

O maior desafio 

Ter superado um cancro da mama com uma atitude positiva em relação a mim, à minha família e, especialmente, ao meu filho.

O maior erro 

Ter-me sentido “inferior”, em tempos que já lá vão. 

A maior lição 

A vida é curta, por isso vamos aproveitá-la! 

A maior conquista 

Conseguir ser grata e otimista, todos os dias.

Lê a entrevista completa aqui.

Patricia Adrover, Head of Partner Management em Portugal e Espanha

A Patricia Adrover lidera a equipa de Gestão de Parceiros em Portugal e Espanha.  O seu sorriso tímido esconde uma mulher forte e cheia de atitude. Quisemos conhecê-la melhor e levou-nos a praticar o seu desporto favorito – Cross Training – num dos seus parceiros de eleição do Urban Sports Club, o Caravelas CrossFit

atricia Adrover, Head of Partner Management em Portugal e Espanha
Para além do Cross Training menciona 2 ou 3 desportos que te façam sentir bem e confiante?

Só 2 ou 3? Eu gosto de todos! Não pratico desporto apenas para me sentir confiante, forte ou estar fisicamente e mentalmente bem. Esses são apenas efeitos colaterais. Pratico desporto para me desafiar, sair da minha zona de conforto e continuar aprender novas habilidades.

Há alguma mulher que te inspire?

A Amon, uma proprietária de uma loja no meu bairro. Mudou-se da Índia para cá a fim de ter uma vida melhor para a sua família, que ainda vive no seu país de origem. Qualquer mulher no mundo que tome uma decisão como esta – de se mudar para um novo país sem ligação à sua família, cultura, ou língua, para começar um novo negócio – é uma inspiração para mim. Esta ousadia de arriscar tudo por algo maior do que nós mesmas é aquilo que me inspira realmente!

O maior desafio

Não conseguir relaxar o meu corpo e mente quando estou sob pressão.

O maior erro

Assumir que o que é fácil para mim é fácil para outros.

O maior lição

Tenho tudo o que preciso para dar o próximo passo! 

O maior conquista

Ter ganho – e estar a trabalhar para manter – o respeito dos meus pares e dos meus colegas.

Lê a entrevista completa aqui.

Ana Morais, Marketing Manager em Portugal

A Ana gere a equipa de marketing em Portugal. A sua  profissão diz muito sobre ela, e a criatividade e estratégia não se ficam pelas horas laborais. Nunca se considerou “ desportista” , mas para nós o seu desporto preferido leva o prémio do “mais original”. A Ana é fã de bouldering e levou-nos com ela até ao Vertigo, entre desafios coloridos houve tempo para a conhecer um bocadinho melhor.

Fã assumida de bouldering, mas há um espacinho nesse coração para outros desportos?

Para além do bouldering, que é sem dúvida a minha atividade favorita e que me faz sentir a pessoa mais forte do mundo sempre que completo uma via, gosto muito de yoga. Eu não sou muito ligada a mim mesma, ao meu corpo e à minha mente, e o yoga traz-me um pouco isso. Gosto em especial do yoga aéreo, que é óptimo para treinar a força, o que ajuda bastante na escalada! Também tenho aprendido a gostar de fitness, eu que nunca fui uma pessoa desportista, porque o treino personalizado e a musculação dão-me disciplina. Fora estas atividades adoro trekking. Caminhar ao ar livre, no meio da natureza, é das melhores sensações para mim.

Há alguma mulher que te inspire?

A resposta será sempre ingrata, há tantas! Mas vou mencionar a Carolina Beatriz Ângelo, por ter sido médica no início do séc. XX e por ter sido a primeira mulher a votar em Portugal. Teve confiança e coragem para questionar um estigma e romper um preconceito, o que será sempre de louvar.

O maior desafio

Trocar o conforto e a estabilidade pelo desafio desconhecido.  

O maior erro 

Dar ouvidos à Síndrome do Impostor e duvidar de todas as decisões

A maior lição 

O ego não tem espaço no trabalho em equipa. 

A maior conquista

Fazer uma licenciatura e uma pós-graduação enquanto trabalhava a tempo e inteiro. 

Lê a entrevista completa aqui.

Como vês, temos mulheres incríveis a gerir o Urban Sports Club. E a certeza que contribuímos para um mundo mais igual, onde as mulheres se sentem bem. Aqui têm oportunidades iguais de mostrar as suas valências e onde o seu trabalho tem o devido mérito. O desporto só as torna ainda mais confiantes para chegarem onde quiserem!

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Gostarias de saber mais sobre a oferta desportiva corporativa do Urban Sports Club?