Qual a melhor hora para treinar: de manhã ou à noite?

Qual é, afinal, a melhor hora para treinar? Esta é uma pergunta frequente para tantas pessoas que, como nós, acreditam que a prática de desporto é fundamental para uma vida equilibrada, saudável e feliz. Se também é uma dúvida que partilhas, então vieste ao sítio certo. Não te vamos dar uma resposta simples, mas vamos dar-te toda a informação que precisas para poderes decidir, por ti mesmo, qual a melhor hora do dia para treinares. Se avaliares os prós e contras com a tua própria rotina, vais ver que tiras o máximo proveito, seguindo o teu próprio relógio. 

Há quem diga que é indiferente se treinas de manhã ou de noite, desde que treines. Certo. Estamos de acordo que o fundamental é não faltar à chamada e garantir que treinas e ponto. Mas daí a dizer que tanto faz é um salto demasiado grande, até para nós que assumidamente gostamos de saltos. É quase como dizer que podes comer todas as refeições do dia à mesma hora. Bem, até podes. Mas queres? E faz sentido se procuras ter vantagem máxima do teu treino? Não.

Então, se não é indiferente, o que será melhor? Será que é mais vantajoso madrugar e começar o dia com um choque de corrida pela cidade, ou uma sequência de cardio logo pela matina? Será que tanto esforço de manhã te vai esgotar as energias para o resto do dia?

Ou será que o corpo e a mente preferem fechar o dia com um queima-calorias? Será que treinar à noite te vai dar espertina e não vais conseguir relaxar para adormecer? 

São muitas dúvidas, por isso vamos a muitas respostas sobre o horário ideal para treinar.

Vantagens de treinar de manhã

1) Fica feito, já ninguém te tira

Quando resolves fazer do teu treino a primeira coisa do dia, estás logo a vencer com a check-list. Este já ninguém te tira. Não há reunião que demore mais que o esperado ou trânsito com que não contavas, que faça descarrilar os teus planos. O treino está feito e as desculpas ficam por usar!

2) Energia bem distribuída

Treinar logo pela manhã ajuda-te a acordar o teu corpo depois do período do dia em que está com as funções corporais em mínimos, logo depois do repouso da noite. Este choque vai ajudar-te a despertar, mas também vai dar-te mais energia ao longo do dia, incluindo à tarde, e ainda garante noites de sono mais tranquilas. Os estudos demonstram que é a meio da tarde que estamos mais ativos e com melhor performance e, treinar de manhã, parece aumentar a duração deste período do dia.

3) Ganhas consistência 

Somos criaturas de hábitos e se o teu hábito passar a ser um treino para despertar, o teu dia já não vai ser o mesmo sem ele. E como estás a guardar para ti aquela hora do dia em que é difícil que alguém te interrompa (os miúdos estão a dormir, o trabalho ainda está em pausa) vai ser mais simples implementar a rotina, que não depende de mais ninguém. Isto vai fazer com que haja maior probabilidade de sucesso em manter a rotina, e os resultados vão notar-se no teu nível de fitness.

4) Queimas mais calorias

Ao ser aquela chamada para acordar de que o corpo precisa, o treino matinal também põe a mexer o metabolismo. E quando este acelera, acelera a velocidade a que queimas calorias ao longo de todo o dia. Além disso, se ainda não tiveres tomado o pequeno-almoço, vais às reservas de gordura corporal como fonte de energia. 

As desvantagens do treino matinal

1) Zzzzzz

Acordar. A grande barreira para um treino logo pela manhã é a motivação. Há alturas em que o sono é demasiado apelativo e saltar da cama para ir treinar é, em si mesmo, um desafio que merece medalha. 

2) Uma passagem brusca

Quando passamos do repouso da noite para um estado ativo indo diretamente para a casa do “ofegante” estamos a levar o corpo dos zero aos cem. Durante a noite, as vias aéreas estiveram a funcionar a um nível mais baixo, também as articulações e os músculos ficaram mais rígidos, o que pode levar a uma maior facilidade de ocorrência de lesões com um treino matinal. Nada que uma sessão de alongamentos não resolva.  

3) Reservas são reservas por algum motivo

Se fazes as oito horas de sono recomendadas, estás sem comer nem beber, num jejum completo, há umas boas horas. Isto significa que quando treinas antes do pequeno-almoço e depois deste longo jejum, estás a atacar as tuas reservas de energia. O que por um lado é bom, se pretendes entrar em défice calórico e se queres perder peso, mas se esse não for o teu propósito, então os eventuais efeitos secundários de fadiga e cansaço extremo, podem ser o suficiente para decidires que este horário não é para ti. 

Vantagens de treinar à noite

1) A ciência comprovou

Alguns estudos recentes apontam para os benefícios de um treino noturno como superiores aos que até recentemente eram admitidos. O maior de todos é que o corpo parece estar mais preparado para um treino neste horário, do que de manhã. As conclusões revelam que é ao final do dia que estamos com as funções corporais a funcionar nos seus máximos, temos mais energia e mais força, e esses são alicerces de um bom treino. 

2) O aquecimento está feito

Alongar e preparar os músculos e tendões para o esforço do workout faz sempre parte dos planos. Quando treinas ao final do dia, depois de andares de um lado para o outro, subir, descer, carregar coisas, tens já meio aquecimento feito. Os músculos, tendões e articulações estão cerca de 20% mais flexíveis que de manhã e prontos para continuar a trabalhar. Isto reduz as probabilidades de lesão. É um subir de nível, ao contrário do treino da manhã que é quase um off-on. 

3) Adeus stress

Treinar como uma forma de libertar a tensão é um lugar comum por um motivo: É mesmo eficaz! Se tiveste um dia a lidar com frustração, picos de adrenalina, nervos em franja, então em vez de entrar em ebulição por más razões, o burn do treino vai ser um alívio imediato e saudável. Mas a grande vantagem é que também te ajuda a limpar a mente e a largar todos os pensamentos stressantes do dia. Fecha o treino com um banho relaxante e uma boa noite de sono para teres contigo a receita milagrosa anti-stress. 

As desvantagens do treino noturno

1) Zzzzzz

Quem é que tem forças para treinar depois de um dia extenuante? Que levante a mão quem… esquece. Há finais de dia em que nem levantar a mão é possível, quanto mais correr, levantar ferro ou fazer uma aula. O cansaço é a desculpa número um para quem resolve baldar-se a um treino de final de dia e, uma vez perdido, não volta. 

2) Todas as outras desculpas

Quando o teu horário pode facilmente ser albarroado pelas necessidades dos outros vais ver que é muito frequente deixares a tua prioridade ficar para trás. São os miúdos, o trabalho, o trânsito, o jantar, os amigos, a saída à noite… Faltar ao treino do final do dia é, por tudo isto, mais provável e frequente do que faltar a um treino da manhã, que só tem a preguiça como desculpa. 

3) Dificuldade em adormecer

Levaste o corpo aos píncaros e agora dava jeito que ele relaxasse e adormecesse mais depressa. Tal como acontece com a transição brusca do treino da manhã, o treino noturno também pede um desligar demasiado imediato do que estamos fisicamente preparados para ter. Podes ajudar o corpo a encontrar o caminho para o repouso desligando estímulos como telefone ou tv, reduzindo as luzes e fazendo uma sessão meditação, uns alongamentos ou Yoga.  

4) Hora de ponta sob a luz da Lua 

Ao final do dia é comum haver um pico de utilização nos ginásios. Felizmente, com a tua mensalidade Urban Sports Club tens muito por onde escolher e podes reservar o teu lugar. Na opção de um treino de exterior, o maior desafio é que, não sendo verão, há pouca (se alguma) luz natural para aproveitar para correr ou treinar na rua ou num parque. O estado do tempo também te pode fazer desistir do exercício ao ar livre, sobretudo no inverno. 

Prometemos que a resposta não era simples e aqui está, não é mesmo. Saber qual a melhor hora do dia para treinares vai depender das tuas rotinas, da tua motivação e do teu nível de fitness. E, se precisares de uma ajuda extra no que toca à motivação, lê o nosso artigo com 5 formas de manteres a motivação para treinar.

Os dados parecem indicar que um treino de manhã em jejum pode ser benéfico para quem pretende perder peso. Por outro lado, se o objetivo é peak-performance, o final do dia parece ser ideal. Preferes encher o dia de energia? Ou achas que é melhor para ti libertar o stress depois da tensão acumulada?

A escolha é tua e podes sempre testar uma e outra modalidade e ver como te sentes. Uma vez escolhido o horário, vai ser importante que tentes manter a  consistência. Afinal de contas, isto é para ir fazendo, duas a três vezes por semana, e por isso tem de ser algo que te dê prazer, te faça bem e que faça sentido na tua vida. Descobre todas as opções de treinos, ginásios e desportos que temos para ti… de manhã ou à noite. 

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gostarias de saber mais sobre a oferta desportiva corporativa do Urban Sports Club?