Aulas de yoga na gravidez e pós parto

No Urban Sports Club acreditamos que o desporto é para todos! E que cada fase da nossa vida merece uma prática de desporto diferente, adaptada às nossas necessidades, às nossas rotinas, à nossa condição e ao nosso corpo. Mas ao longo da vida há momentos especiais e importantes, em que devemos mais do que nunca ouvir o nosso corpo. Um deles, é a gravidez e hoje trazemos um artigo sobre aulas de Yoga na Gravidez e Pós parto.

Muitas são as mulheres que levam uma vida activa e que praticam exercício físico com regularidade.  Quando engravidam surgem algumas limitações,  mas o exercício sempre que permitido deve ser incluído de forma acompanhada e adaptado a cada caso. Aliás, apresenta até bastantes benefícios!

Apesar do exercício físico ser a nossa praia, uma fase tão especial como a gravidez merece a nossa melhor a atenção. Contámos com a colaboração do nosso parceiro Be the Change. Be Yoga, para nos explicar de que forma a Yoga pode ser incluída na gravidez e pós parto. Este é um parceiro que podes visitar com a tua subscrição Urban Sports Club – com aulas especiais para grávidas e que te poderão acompanhar durante todo o processo.

yoga-na-gravidez-pós-parto

Porquê yoga?

O Yoga estimula o bem-estar e o equilíbrio físico e mental, vital em momentos de transição e de incerteza. A experiência de estar grávida e de dar à luz envolve grandes alterações físicas e emocionais. Saber como usar e adaptar as técnicas do Yoga para respirar conscientemente, mover-se e relaxar durante esta altura ajudará a construir bases sólidas para a nova fase que se aproxima. Não se nasce mãe, torna-se!

As aulas de Yoga na gravidez e pós parto deverão ser um contexto seguro para que a grávida se possa observar, conectar consigo própria, com o seu bebé, com as mudanças e transições que estão a ocorrer. Deverá ser um espaço de partilha, de acolhimento, sem julgamento para que as dúvidas e incertezas possam ser partilhadas. E no Be the Change. Be Yoga os  recursos e técnicas são utilizadas para promover o empoderamento da mulher e apoiar uma gravidez consciente.

Nesta fase da sua vida, a mulher está mais predisposta a olhar para dentro, para se cuidar e tirar tempo para si. A prática vai promover a saúde geral do bebé e da mãe, seja ela uma praticante nova ou experiente.

Os principais motivos que levam a procurar esta prática milenar durante a gravidez, e após o parto, são:

  • A necessidade de relaxar e libertar tensões; 
  • Uma forma da mãe se exercitar, energizar e revitalizar o corpo; 
  • Conexão e reflexão sobre si e com o bebé. 
  • A prática promove melhoras significativas no dia-a-dia.

É ainda importante deixar a ressalva que mesmo não existindo qualquer perigo na prática durante e após a gravidez, a mesma deve ser guiada por um professor experiente e com conhecimento da especificidade anatómica, fisiológica, mental e emocional deste processo. Tal como podes encontrar no Be the change. Be yoga.

yoga-na-gravidez

Benefícios gerais do Yoga na Gravidez e Pós parto

Vamos agora ficar a conhecer e compreender os benefícios do Yoga durante a gravidez e pós parto.

  • Tonificar os músculos do pavimento pélvico;
  • Promover a tonificação e alongamento dos músculos;
  • Preservar o alinhamento da coluna e dos ossos pélvicos;
  • Criar espaço para o bebé e reposicionamento dos órgãos;
  • Melhorar a circulação sanguínea;
  • Aumentar a circulação sanguínea; 
  • Diminuir a retenção de líquidos e reduzir o inchaço, uma vez que o bom funcionamento dos rins é estimulado; 
  • Promover a consciência respiratória e relaxamento profundo, que ajudarão a aliviar o desconforto e emoções perturbadoras;
  • Fortalecer a musculatura abdominal e a musculatura do assoalho pélvico, através dos  exercícios respiratórios. Que contribuirá para que esta zona se encontre apta no momento do parto e na rápida recuperação no pós-parto.
yoga-pós-parto

O Yoga e as fases da Gravidez

A gravidez é um ciclo composto por muitas fases, todas diferentes entre si e há exercícios que se devem priorizar em cada uma delas.

Primeiro Trimestre (1 a 16 semanas)

Nestas primeiras semanas há uma adaptação às mudanças hormonais, e o sistema nervoso do bebé está em formação.

É importante a grávida cuidar de si, descansar, e observar o que precisa em cada instante. A respiração profunda e consciente será uma enorme aliada nesta fase. Promover a consciência na respiração será determinante ao longo deste período de grandes transformações. A respiração deverá ser fluida, não há lugar para retenções, nem com os pulmões cheios nem com os pulmões vazios. O enfoque está na fluidez respiratória, em expandir a caixa torácica, criando espaço para os órgãos internos e para o bebé. Ciente do espaço entre o tórax e o abdómen, a mulher deve procurar afastar o esterno do estômago, promovendo o relaxamento do ventre.

Caso sinta dificuldade em respirar pelo nariz, poderá respirar pela boca e havendo enjoos ou mal estar, a respiração poderá ser mais superficial.

Segundo Trimestre (16 a 34 semanas)

Nesta fase a placenta fica funcional, os níveis hormonais estabilizam, e a gravidez fica bem estabelecida. É a altura certa para aumentar a força e a energia, sempre com consciência do alinhamento da coluna e da respiração.

O organismo necessita de muita oxigenação. É vital que a respiração se concretize de modo completo (Prána Kriyá). Recorreremos também à respiração pela boca, exercícios simples que auxiliarão a mulher a sentir-se mais confiante na sua capacidade de dar à luz.

Terceiro Trimestre (34 a 40 semanas)

Nas últimas semanas a mulher tende a sentir-se mais pesada e com necessidade de se concentrar no parto. O objetivo da prática será mantê-la confortável e ajudar na preparação física, mental e espiritual para o parto. Alternando os movimentos com momentos mais longos de alongamento, respiração profunda e relaxamento, enquanto se continua a tonificar os músculos pélvicos.

Pós parto (Nascimento-16 semanas)

Nas duas semanas após o parto a prática consistirá apenas em exercícios respiratórios. A partir daí recuperar uma boa postura, tonificar os músculos mais profundos e fortalecer as costas será prioritário.

O retorno a uma rotina de exercício físico deve ser feito de forma gradual e suave.

As técnicas de relaxamento ajudarão a compensar a falta de descanso e a apoiar a adaptação à nova vida.

Uma fase tão bonita, merece uma prática à sua altura! Hoje descobrimos que o yoga tem tudo para acompanhar mães e pré-mamãs durante todo o processo da gravidez. Sempre que utilizares a subscrição Urban Sports Club confirma com os parceiros se estão apto para te acompanhar! Garantires a tua segurança, conforto e saúde durante a gravidez e no pós parto é essencial.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Gostarias de saber mais sobre a oferta desportiva corporativa do Urban Sports Club?