8 erros a evitar para proteger os músculos no Verão

Treinar durante os meses quentes pode levantar algumas dúvidas sobre a melhor forma de protegeres os teus músculos. Que precauções deves tomar no verão? Neste artigo vamos esclarecer os erros mais comuns de quem treina no verão e explicar como podes protegeres os teus músculos nesta altura específica do ano. 

Treinos de Verão: Sem dietas drásticas nem sobre-treino

Há alguns erros frequentes que podem ser cometidos durante todo o ano, mas mais especificamente nos treinos de Verão, assim como falsos mitos que queremos desvendar. Para cada “erro”, partilhamos contigo a solução correcta, para que possas adaptar a tua rotina desportiva da melhor forma.

1. Negligenciar a hidratação

No Verão, deve ter cuidados redobrados para poderes treinar com a máxima eficácia e evitar “colapsos” de desempenho. Os teus músculos precisam da hidratação adequada para o teu corpo – informa-te sobre quais as quantidades certas para ti. Em média, um adulto deve ingerir à volta de 2 litros de água por dia. No entanto, esta quantidade pode variar de pessoas para pessoa e de acordo com a altura do ano.

2. Manter sempre a mesma rotina desportiva

Se quiseres alcançar resultados significativos, deves estimular constantemente o teu corpo. Porque não experimentar uma nova modalidade desportiva todas as semanas? Se quiseres manter certos treinos, podes fazer pequenas alterações que se tornam muito significativas. Aumentar gradualmente as cargas e variar os tempos de recuperação ou o número de repetições e de exercícios são um exemplo. Se habituares o corpo sempre à mesma rotina, a tendência será gastar o mínimo de calorias possível.

3. Treinar em excesso

Aqui as palavras-chave são calma e consistência. Caso contrário, colocas em risco o equilíbrio do teu corpo e corres o risco de lesionar os teus músculos e não só. Treinar em excesso pode desencadear uma série de reacções fisiológicas que só prejudicam a tua performance nos treinos.

4. Saltar o aquecimento

Este é um passo fundamental. Deves sempre aquecer e alongar bem antes de fazer desporto, especialmente ao treinar com temperaturas mais altas. As perdas de sódio e potássio, presentes no suor, aumentam o risco de cãibras e/ou rupturas musculares. Por isso, deves preparar bem os músculos para as tuas sessões de treino. 

5. Parar de treinar

É aconselhável manter uma rotina de exercício físico constante para uma vida saudável e equilibrada. Mas, se precisares de fazer uma pausa, evita que esteja seja superior a 2 ou 3 semanas, para que o corpo não se habitue a estar parado e para que a recuperação seja mais natural. O teu grupo osteomuscular agradece!

6. Adoptar dietas drásticas

Reduzir drasticamente a tua ingestão calórica cria uma espécie de choque no corpo, especialmente sem a orientação de dietistas ou nutricionistas. Podes pôr em causa os efeitos do catabolismo e comprometer o processamento da gordura pelo corpo, queimando o que deverias manter, que neste caso é a massa magra (ou seja, músculo). 

7. Dar demasiada importância à balança

Mesmo que não vejas uma diminuição de peso na balança, caso estejas a trabalhar para diminuir a tua percentagem de massa gorda, isso não significa necessariamente que falhaste. Pelo contrário, existe frequentemente uma recomposição do corpo a favor de uma maior massa muscular e de uma menor percentagem de gordura. Na realidade, um músculo pode pesar até 4 vezes mais do que a gordura. Por isso, o teu peso não é necessariamente indicativo do estado do teu corpo! É mais importante teres em conta as tuas percentagens de massa gorda e magra, por exemplo.

8. Pensar na celulite

Se um dos teus objectivos é reduzir a celulite visível, força. Este é um processo a longo prazo que envolve uma dieta equilibrada, boa hidratação, uma rotina de sono adequada e exercícios físicos relacionados com o teu objectivo. É errado pensar que a celulite tende a piorar quando se faz treino muscular com pesos acreditando que, desta forma, tudo “incha” mais. Após treinos intensivos, a inflamação e o inchaço são normais, mas isto melhora a microcirculação. Os teus músculos precisam de estímulo e o treino é óptimo para combater a celulite!

De qualquer forma, o mais importante é o quão saudável és e o quão bem te sentes no teu corpo. Preocupa-te mais em treinar a tua força e resistência e cuidar da tua saúde, sem dar tanta prioridade a questões mais estéticas.

Com a subscrição do Urban Sports Club tens acesso a sessões de treino personalizado com PTs que te acompanham e garantem que os teus treinos são seguros e adequados às tuas necessidades e objectivos! Tens ainda acesso a mais de 50 modalidades desportivas para variares a tua rotina de treino sempre que quiseres e experimentares novos desportos, inclusive uma grande variedade de desportos aquáticos para refrescares os teus músculos nos dias mais quentes de verão. Vê aqui todas as actividades disponíveis.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gostarias de saber mais sobre a oferta desportiva corporativa do Urban Sports Club?