Aula de vela em Lisboa: Uma experiência única e relaxante – ou talvez não!

Esta semana, a nossa exploradora desportiva é alemã e foi fazer a sua primeira aula de vela em Lisboa! Aqui fica a sua experiência em primeiríssima mão!

Mas antes, recordamos-te que com a tua subscrição no Urban Sports Club, tens à tua disposição um sem fim de desportos aquáticos em Lisboa! Desde aulas de vela à prática de surf, tens muitas opções à escolha!

Aula de vela em Lisboa

“Estou na Doca de Belém de Lisboa, são dez da manhã e, verdade seja dita, está um belo dia! À minha frente, filas e filas de barcos movimentam-se suavemente, de um lado para o outro, ao ritmo da brisa. É a primeira vez que uso a minha subscrição no Urban Sports Club fora da Alemanha e vim experimentar uma aula de vela em Lisboa, com a Seatours, no rio Tejo.

Para começar, conheço o João. O João é o fundador da Seatours e um verdadeiro entusiasta da vela e quando nos conhecemos, ele cumprimenta-me calorosamente. De pólo azul (da Seatours), uns calções cáqui e sapatos de vela, parece-me bastante relaxado. Aliás, desde o início, fica claro que os barcos são a vida dele! Enquanto caminhamos ao longo do cais, ele conta-me que começou a navegar em criança e que nunca mais parou. “Foi a navegar, que eu conheci os meus amigos. Na altura, tinha 8 ou 9 anos e ainda hoje somos os melhores amigos.” diz-me alegremente, enquanto me ajuda a subir para o barco. Além de mim, na viagem vem também a Onya, que é fotógrafa em Lisboa.

O nosso veleiro é branco, com cerca de 3 metros de comprimento e 2 de largura e possui dois mastros altos, que quase parece que tocam no céu! Antes de começarmos a aula de vela em Lisboa, o João entrega-nos dois coletes salva-vidas e diz-nos para guardarmos as malas na cabine.

“Vou precisar de ajuda com a vela” diz ele, enquanto arrasta um grande rolo de lona. Após o desenrolarmos, ele habilmente começa a colocar a vela.

Quanto a mim e à Onya, nós sentamo-nos e o João põe o motor a trabalhar. Logo, logo saímos os três do porto, embalados pelas águas do Tejo. O céu é azul claro e podemos ver a Ponte 25 de Abril no horizonte. Enquanto navegamos pelo rio, podemos apreciar as casinhas lisboetas empilhadas de um lado, assim como as colinas do outro – é lindo! Aliás, é de tirar o fôlego e, sem dúvida, uma paisagem digna de um postal.

Nisto, o João desliga o motor e diz-me onde me sentar, para que possa ser eu a conduzir o barco. “Eu vou estar ao comando das velas” explica-me, enquanto vai elevando a vela principal!

Até aqui, o João ainda não nos contou muito sobre a arte de velejar. Inicialmente, imaginava que uma aula de vela em Lisboa seria uma atividade extremamente relaxante…

… até que ouço o João: “Hoje está muito tempestuoso! Há uma rajada de vento a caminho!”

Imediatamente, começo a ver a água a ficar cada vez mais escura e uma ondulação mais forte a vir na nossa direcção! Rapidamente, o vento bate e o barco inteiro inclina-se violentamente, num ângulo de 90 graus! Agarro-me e grito. Posso ver a câmera da Onya pendurada no seu pescoço a balançar, enquanto também ela se agarra como e onde pode! Aos gritos pergunto: “ISTO É NORMAL?!” A rir-se, o João responde: “Não te preocupes, não vamos virar!” Ele puxa uma corda e o barco lá se endireita. Mas mesmo assim, posso sentir o meu coração a bater tão rapidamente que quase parece que vai sair do peito!

A viagem continua e posso ver a Onya de pé, a tirar fotos à bela paisagem. Embora o barco continue a balançar, permanece relativamente calmo por mais alguns minutos. Até que: “Vejam, mais uma rajada!” anuncia o João. Mas desta vez estou pronta – e também a Onya. Contudo, agora é ainda mais assustador e esforço-me por acreditar no João e na sua promessa, de que o barco não vai virar. Afinal, ele há-de saber mais do que eu!

Por fim, um pouco de calma e a experiência é simplesmente incrível, pois é possível ver Lisboa em todo o seu esplendor. Como diz o João: “Esta é a melhor maneira de ver a cidade.” Continuando a viagem, passamos sob a gigantesca ponte vermelha e pelos braços abertos do Cristo Rei, nas margens de Almada – é simplesmente lindo!

Simultaneamente, o João opta por dar seguimento à aula de vela e anuncia “Talvez devêssemos colocar a segunda vela, está mais calmo agora.” Não sei porquê, mas tenho um mau pressentimento quando ouço isto. Depois de colocar a segunda vela, viramos o barco na direção ao porto e o João pergunta-me se quero segurar a corda. Obviamente que antes que eu possa dizer que sim, já ele me passou a corda para as mãos!

E é naquele exato momento que vem uma nova rajada de vento bem rápida, que atinge as duas velas! Ou seja, o barco abana violentamente; um lado do barco fica submerso, enquanto eu sou empurrada pelo vento – tanto que quase perco o equilíbrio! Nesta altura, a Onya e eu estamos aos berros e podemos ver um dos lados do veleiro totalmente coberto pela água. Agora, até o João parecia preocupado!. Esta é, de longe, a atividade do Urban Sports Club mais assustadora que eu já fiz até hoje!

No meio disto, a Onya faz o impensável. Ela levanta-se e vai até à frente do barco. Depois, vejo-a rodear as pernas à volta do mastro, para se segurar e, apesar da inclinação, começa a tirar fotografias! Sem dúvida que a Onya merece uma medalha!

Depois de mais algumas rajadas de vento assustadoras, onde vejo a minha vida a passar à frente dos meus olhos, volto (finalmente!) a ver o porto.

Provavelmente, porque está cansado de me ouvir gritar, o João baixa a segunda vela e liga o motor. Sinceramente, nunca fiquei tão aliviada por estar em terra firme em toda a minha vida!

Mais tarde, o João confessa-me que, para uma primeira aula de vela em Lisboa, foi um dia particularmente intenso! Contudo, ele garante-me que este é um hobby fantástico. No caso dele, ajuda-o a limpar a cabeça! “Tudo desaparece quando estás a navegar. Quando se está no barco, não se pensa em mais nada. E quando está calmo, pode-se realmente aproveitar o momento.”

Pessoalmente, não cheguei a esse ponto, mas tenho toda a intenção de voltar a navegar. De preferência num dia menos tempestuoso!

Se quiserem velejar ou ter uma aula de vela em Lisboa, recomendo a Seatours. Dêem também uma olhadela no site da Seatours, onde podem encontrar as últimas notícias e eventos da empresa.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Gostarias de saber mais sobre a oferta desportiva corporativa do Urban Sports Club?